sábado, 29 de julho de 2017

CRIANÇAS NÃO VACINADAS SÃO MAIS SAUDÁVEIS - por Andreas Bachmair

Clique aqui para comentar esta publicação



Andreas Bachmair é um homeopata alemão que mora na Suíça. 
Como ele viu cada vez com mais frequência pacientes prejudicados por vacina em sua prática, ele criou o site impfschaden.info para informar as pessoas sobre os perigos das vacinas. 
O site foi traduzido para o inglês sob o nome de vaccineinjury.info. 
Ele escreveu o livro ‘Vaccine Free - 111 histórias de crianças não vacinadas’.

Andreas realizou uma pesquisa científica abrangente e completa sobre o estado de saúde de crianças não vacinadas. 
Participaram mais de 17.500 participantes de todo o mundo.

Neste programa, discutimos os resultados da pesquisa e como ela foi conduzida. 
Um dos maiores perigos de vacinas são os ingredientes alumínio e mercúrio. 
Há uma série de questões que foram atribuídas a vacinas, por exemplo, problemas comportamentais, doenças neurológicas, doenças autoimunes, autismo e narcolepsia.



***

Comparação do estado de saúde de crianças vacinadas e não vacinadas

Vacinas tornam as crianças mais propensas a desenvolver distúrbios e/ou doenças, tais como: doenças atópicas (alergia, asma, bronquite crônica, neurodermatite), distúrbios do sono, bebê chorão, problemas de concentração, transtorno de déficit de atenção, hiperatividade, autismo, enxaqueca, otite média, sinusite, pólipos, herpes, verrugas, fungos, problemas de habilidade motora, dores do crescimento, problemas de dentição, escoliose, diabetes, convulsões epilépticas, doenças neurológicas, doenças autoimunes, doença tireoidiana.



******


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

0 comentários:

Postar um comentário