quinta-feira, 9 de junho de 2016

1

DOR NO OMBRO: APRENDA A MANTER SUA ARTICULAÇÃO SAUDÁVEL

Clique aqui para comentar esta publicação



Publicado por LIVIACHEBLE em 03 de junho de 2016

O que chamamos de ombro é, na verdade, um conjunto formado por quatro (4) articulações: esternoclavicular, acromioclavicular, escapuloumeral e glenoumeral. Elas se combinam com músculos, ligamentos e tendões permitindo todos os movimentos do seu braço.
A utilidade do braço é posicionar e direcionar a mão no espaço, que são posições habituais e funcionais. Entretanto, o ombro com sua complexidade muscular (ligamentar, tendínea e fascial), e por se encontrar pendurado, está ligado ao tronco somente pela articulação esterno clavicular.
Se pensarmos nesta afirmação, o braço funciona como um pêndulo ao lado do tronco. Por essas características, o complexo articular do ombro permite movimentos amplos, em diferentes direções, que podem vir a afetar partes moles e ósseas.


As dores mais frequentes no ombro aparecem por: bursite, tendinite, artrose e ombro congelado ou capsulite adesiva (ver explicações no texto do link abaixo).
Segundo a Escola de Osteopatia de Madrid, qualquer lesão que afete a região do ombro pode gerar, com o passar do tempo, uma disfunção importante na região da coluna cervical e torácica, levando a dores referidas. Essas dores aparecem nos ombros provenientes de órgãos que tem ligações sensoriais com as vértebras (coração, pulmões, fígado, baço e vesícula biliar).


Dicas para manter sua articulação do ombro saudável:

- Quando carregar peso (sacola, bolsa, garrafa), mantenha-o junto ao corpo, NUNCA pendurado pelo seu braço ou distante do centro do corpo;
- Quando for pegar sua bolsa no banco de trás do carro, gire bem o tronco e depois alongue o cotovelo para alcançar a bolsa;
- Na hora de dirigir, evite apoiar o cotovelo esquerdo na porta próximo ao vidro. Essa posição deixa seu braço acima da articulação do ombro, sobrecarregando suas estruturas;
- Quando estiver assistindo à TV, não coloque seu braço no encosto do sofá, pois haverá sobrecarga sobre as estruturas do ombro;
- Ao dormir de lado, não esteja sobre o ombro, e sim, posicione seu corpo para deitar sobre a sua escápula;
- Durante o banho, use uma esponja para escovar toda a região do pescoço, do ombro, dos braços e do peito. Essa dica ajuda muito a relaxar ao final do dia de trabalho;
- Se for pegar algo muito pesado, lembre-se:
* Abaixo da linha do ombro, utilize as duas mãos, mantenha a coluna alongada usando a força dos abdominais e mantenha os joelhos semiflexionados para usar a força dos músculos da coxa;
* Acima da linha dos ombros, eleve os braços mantendo sua coluna estendida, acompanhada pela elevação do olhar e procure trazer o peso no momento em que estiver soltando o ar (tempo de expiração), pois dessa forma suas costelas assumem uma função de fixadoras do tórax e acionam com mais potência a musculatura abdominal.


***


VEJA TAMBÉM:


Funcionamento e biodinâmica da articulação do ombro


Gostou? Compartilhe esta publicação nas redes sociais

Um comentário:

  1. Já tive bursite, fiquei curada com acupuntura. Atualmente estou com problema na cervical. Estou fazendo fisioterapia, pois acupuntura não resolveu.

    ResponderExcluir